Browsing Category:

Au Pair

8 motivos para NÃO ser Au Pair!

Posted in Au Pair
on 26 de junho de 2017

Há muitas razões para não ser Au Pair.
A escolha é por sua conta e risco. Vai encarar?

  1. Você corre o risco de ficar fluente em um idioma diferente.

Apenas uma pequena parcela da população fala um segundo idioma fluentemente. Tem certeza que você quer fazer parte dessa minoria?

  1. Você viajará mais em um ano que nos seus últimos vinte e poucos anos.

Pra quê conhecer novos lugares? Passar muitas horas no avião faz com que suas pernas fiquem cansadas e as companhias aéreas sempre extraviam as bagagens. Um transtorno!

  1. Você fará amigos do mundo inteiro.

Você não acha que já conhece gente o suficiente?

  1. Seu estoque de paciência e jogo de cintura aumentarão 120%.

As pessoas poderão abusar dessas suas novas virtudes e te encher ainda mais o saco!

  1. Você se tornará mais responsável, confiante e madura.

Todo mundo vai te estranhar quando você voltar. Melhor nem ir, hein!

  1. Você terá uma experiência internacional no seu CV.

É muito chato receber várias propostas de emprego ao mesmo tempo. Tem certeza que é isso o que você quer?

  1. Você aprenderá a fazer milagres financeiros.

Administrar o salário de Au Pair te proporcionará habilidades inacreditáveis de planejamento financeiro. Você poderá ser taxada de “mão fechada” ao voltar.

Dicas de Intercâmbio: Au Pair

Posted in Au Pair
on 28 de agosto de 2016

Au Pair

Você sonha em viajar para outro país, melhorar sua segunda língua e aprender outras culturas? Mas não tem aquela grana guardada para passar meses fora do Brasil, hoje venho te dar uma dica especial. Existe uma opção que tem se tornado cada vez mais procurada pelas brasileiras: O famoso Intercâmbio de trabalho e estudo chamado  Au Pair.

Hãn, Paolla eu não entendi. Au… o quê? Au pair (pronuncia-se au pér)! O termo, que vem do francês, significa “ao par” ou “igual”.  O intercâmbio funciona da seguinte maneira, você vai morar na casa de uma família  que fale o idioma nativo do país escolhido,  então você vai fazer parte dela, e participar de todas as rotinas e atividades da casa. O programa geralmente inclui acomodação, refeições, bolsa de estudos, férias remuneradas e até assistência médica internacional.  Parece promissor não ?

Quem pode ser Au Pair?

Bom aqui tenho uma pequena lista de alguns requisitos para ser Au Pair, vamos ver se você se encaixa neles?

  • Ter entre 18 e 26 anos, ser solteira e não ter filhos.
  • Gostar muito de crianças e ter pelo menos 200 horas de experiência de trabalho com elas, comprovadas por referências.
  • Ter inglês intermediário na conversação.
  • Estar cursando ou ser formada em um curso superior, ou ter recentemente concluído o ensino médio.
  • Ter carteira de motorista e saber dirigir.
  • Não ter antecedentes criminais.
  • Ter a aprovação de um médico para participar.
  • Ter um passaporte válido.

Quais as vantagens?

Além de ganhar acomodação e refeições da família escolhida, a Au Pair ganha um salário para cuidar dos filhos e das tarefas domésticas (lembrando que são tarefas básicas, então não se preocupe você não vai ser faxineira da casa). A participante também tem tempo livre para assistir às suas aulas de idioma, fazer suas tarefas e conviver com os novos amigos, pois, dependendo da rotina de atividades, possuem dias livres durante a semana.

Para ser uma Au Pair é preciso estar matriculado em um curso de idiomas,  se você escolher ir por uma agência de viagens eles que cuidam de tudo (inscrições e demais processos). O estudo na escola é reforçado pela conversação utilizada no dia a dia com a família e amigos nativos.

PONTOS IMPORTANTES: É essencial que  VOCÊ tenha em mente que a família que a acolherá é selecionada pelas agências (ou por você caso escolha fazer o intercâmbio por conta própria, mas falaremos disso num post futuro). E são casais que trabalham e possuem dois ou mais filhos, abertos a trocas culturais, enxergando a Au Pair como um membro da família, e não apenas alguém que trabalha na casa.  As responsabilidades da Au Pair são cuidar das crianças da família e executar as tarefas domésticas simples, que são estabelecidas antes de você chegar lá. Dependendo do programa, fica por sua conta o pagamento do curso, as despesas de viagem e outros gastos pessoais.

Mas eu acredito que seja, uma ótima oportunidade para trabalhar, estudar e conhecer o exterior. Uma experiência inesquecível e muito enriquecedora culturalmente.

Minha Dica é: Procure uma agência e pesquise bastante sobre o programa.  Porque ir por conta própria, principalmente sem experiência no exterior, não é recomendado, mas há quem vá sem agência.