Browsing Category:

Dubai

10 Dicas de viagem para os Emirados

Posted in Abu Dhabi, Dubai
on 23 de fevereiro de 2017

Dicas importantes para viajar para os Emirados

Hoje vamos falar de lugares incríveis que conheci este ano : Abu Dhabi e Dubai.  Como estamos falando de uma cultura muito exótica, farei um apanhado geral de como planejar sua viagem de forma segura, para não ter surpresas! Espero que seja útil e possam aproveitar o melhor da sua viagem para os Emirados!  ?

dsc00188

Documentos necessários | Visto para Dubai e Abu Dhabi

Para entrar nos Emirados Árabes você precisa de um visto. Mas fiquem tranquilos, pois não é um processo longo e chato de conseguir, como para os EUA. Você pode solicitar diretamente por email. Se sua passagem foi comprada pela  Etihad Airways (no caso foi a minha escolha) ou  pela Emirates Airlines, eles fazem esse processo para você.

Você vai pagar um valor entre 90 e 100 dólares. O visto é enviado via email mesmo e é válido por 60 dias a partir do dia de chegada. É só imprimir e apresentar na imigração junto com seu passaporte. Super fácil! O visto também pode ser solicitado por agências de turismo, diretamente pelo consulado ou até pelo seu hotel, tudo online. Mas alguns desses procedimentos podem gerar taxas, por isso, certifique-se dos valores cobrados antes de escolher sua forma de solicitação!

Se seu passaporte for de um desses países abaixo, você não precisará de visto na viagem para os Emirados, é só chegar e retirar seu visto no aeroporto!

Austrália
Andorra
Áustria
Brunei
Belgica
Canadá
Dinamarca
Finlândia
França
Alemanha
Grécia
Hong Kong
Islândia
Irlanda
Itália
Japão
Liechtenstein
Luxemburgo
Malásia
Mônaco
Holanda
Nova Zelândia
Noruega
Portugal
San Marino
Cingapura
Córeia do Sul
Espanha
Suécia
Suíça
Reino Unido
Estados Unidos
Vaticano

 

Vacinas

Não é obrigatório, mas recomendado ter vacina de Febre Amarela na sua viagem para os Emirados. A maioria das pessoas levam o documento, mas eu não tinha e também, nem solicitaram na entrada do país.
Mais uma vez, super fácil: tome a vacina em posto de saúde gratuitamente, e depois leve o comprovante em uma agência da Anvisa de sua cidade. Lá eles gerarão um Certificado de Vacinação Internacional, e é ele que será válido para comprovar sua proteção.

Certidão de casamento

Como estamos falando de um país islâmico, com religião e cultura super forte, acho que cuidado nunca é demais. Li em alguns lugares que um casal só pode se hospedar no mesmo quarto se provar que são casados. Então LEVEM, porque não da pra viajar metade do mundo e não poder dormir junto com marido né? rs

CLIMA EM DUBAI E ABU DHABI

A melhor época do ano para viajar é no inverno, e isso seria entre Novembro e Março, quando as temperaturas estão mais brandas. Após isso, o calor fica tenso. Viajei em Janeiro, no início do inverno forte, e olha,  mesmo assim o lugar é quente. Se você vier de alguma cidade ou país onde a maior parte do tempo faz frio, prepare-se porque você pode se sentir desconfortável. Mas não acho que o calor vai impedir sua viagem para os Emirados, não, até porque todos os estabelecimentos tem um ar condicionado fortíssimo, e as vezes precisamos até de usa algo para se cobrir. Abu Dhabi e Dubai não possui muito turismo na rua, como na Europa, então você até que estará protegido do sol, mas ” Leve sempre na bolsa, água, protetor solar e, se possível, uma águinha termal para refrescar seu rosto/corpo, e você está pronta!”

 img_8872

IDIOMA E MOEDA EM DUBAI E ABU DHABI

O idioma falado é o árabe, o que para mim foi emocionante, já que sou uma amante da cultura Árabe e Professora de Danças Árabes, algumas palavras consegui identificar e outras não entendia NADA. Mas fiquem tranquilas, pois TODOS falam inglês, não só nos hotéis, mas também os taxistas, atendentes do Mc Donalds e vendedores dos Souks! Se você não falar minimamente inglês, aí já pode encontrar alguma dificuldade de comunicação, pois a maior parte do país é composta de imigrantes, e o sotaque é um pouco carregado, o que dificulta entender algumas coisas. Mas no geral as pessoas falam bem, e são super educadas, sempre dispostas a ajudar.

A moeda local é o Dirham, que equivale hoje, Jan 2016, a R$ 1,37 reais. Nosso dinheiro não está valendo nada agora … ?

Os preços aparecem da seguinte forma: AED 50 = 50 Dirhams

Nota Dirham

Sinceramente, não vi muitas casas de Cambio por lá, talvez porque não precisei e acabaram passando despercebidas. Cartões de crédito são bem aceitos, até nos Souks, mas é sempre bom andar com seu dinheirinho, até para pagar táxis ou qualquer estabelecimento que não aceite seu Master, para não ser pego de surpresa. Muitos hotéis e empresas de tours e passeios aceitam dólar também, mas acho que é sempre bom aproveitar um dos poucos lugares onde nossa moeda é mais valorizada e tentar pegar um câmbio legal!

RELIGIÃO E RAMADAN

Como todos sabem a religião local é o islamismo, completamente enraizado na sociedade e em cada pedacinho de Dubai e Abu Dhabi. É impossível você passar a viagem inteira sem ouvir um chamado de reza (aquele que aparece no Sex and The City 2), pois eles acontecem em todo local, até dentro do shopping. Por onde você for encontrará Prayer Rooms (salas de reza, que são separadas em feminino e masculino), para que todos possam exercer sua religião, aonde estiverem. Os toques acontecem 5 vezes ao dia, e cada islâmico demora por volta de 10 min em sua reza após o mesmo.

O Ramadan é a época sagrada onde os islâmicos fazem jejum para purificar a alma, durante 1 mês. Eles comem somente antes do sol nascer e depois dele se pôr. Durante o dia, nadinha, nem água! Ele acontece no nono mês do calendário islâmico, e pode cair em qualquer época do ano. Quando planejar sua viagem para os Emirados, certifique-se que não irá na época do Ramadan, pois os horários do restaurantes ficam meio confusos, clubes fecham, pois a dança não é permitia e as pessoas provavelmente te olharão esquisito se você estiver mascando um mísero chiclete. É um mês sagrado, então não é a uma boa época para o turismo.

Como vocês já devem saber, as mulheres islâmicas usam Burca (aquelas que cobrem todo o rosto e só o olhos fica de fora) ou Abaya (que são vestidos de manga longa, com um véu cobrindo todo o cabelo) e sempre na cor preta. Homens usam Dishdasha (uma túnica branca, com tecido na cabeça). Se quiser comprar uma roupinha típica como lembrança, elas vendem nos Souks.

O QUE LEVAR PARA DUBAI E ABU DHABI

Uma das coisas que mais me aterrorizou na hora da viagem foi fazer malas. Tinha muita dúvida do poderia ou não usar. Para você não se estressar com isso o próximo post será dedicado a isso.

HOTEL EM DUBAI E ABU DHABI

Acredite, investir em um bom hotel na sua viagem para os Emirados é uma ótima pedida. Depois de sair durante o dia para conhecer a cidade em um calor descomunal, nada melhor que uma boa cama para relaxar, não é?  Eu sei, eu sei… nem sempre é fácil pagar um grana em um bom hotel, e muitas pessoas pensam que é dinheiro jogado fora. Eu geralmente penso assim, porque passo o dia inteiro batendo perna e só volto pro hotel para dormir. Mas nos Emirados, curtir um bom hotel e ser MARAVILHOSAMENTE bem atendido faz parte da experiência turística. (Mas confesso que optei, por ficar na casa de uma grande amiga, e aproveitar o dim dim que usaria num hotel para passear. 😀

Um dos hotéis que indico em Abu Dhabi,  se você estiver a fim de investir em uma estadia de qualidade é inclusive o ponto turístico da cidade, o Emirates Palace, onde a maioria dos turistas se hospedam em sua primeira ida a cidade. O lugar é surreal, todo feito em mármore, gigantesco e com piscinas maravilhosas. Ele fica super bem localizado e tem os melhores restaurantes da cidade. Você vai se sentir um mini sheik! ?  Outra opção em Abu Dhabi também é o Yas Viceroy, o hotel que fica por cima da pista de fórmula 1.

Outros hotéis luxuosos que também oferecem uma experiência bacana são: o Shangri-la e Park Hyatt. Se não for possível fazer o investimento, você também pode optar pelos básicos, como Ibis, Premier Inn e outros mais simples como eles. Clique em cima dos nomes para ver fotos, preços e reservar.

Já em Dubai,  você pode ficar no One & Only Royal Mirage, na primeira viagem! Os hotéis mais famosos se encontram dentro da Palmeira (ainda falaremos muito sobre lá), e são tipo MUUUUUUUUUITO caros, mas se quiserem e puderem, os melhores são o Atlantis The Palm, Burj Al Arab e Hotel Armani  no Burj Khalifa (fora da palmeira).  Boas opções também são o Jumeirah Beach Hotel e Kempinski. (da mesma rede do Emirates Palace), Four Seasons e no mais clássico Arjaan by Rotana.

O mais importante na hora da escolha do seu hotel: não se preocupe muito com a localização, pois você DEVE e VAI se deslocar muito pela cidade.  Então não é necessário ficar próximo aos grandes pontos. Escolha o hotel pelos serviços e a experiência que ele tem a oferecer, e não pela localização. Agora caso você esteja indo com pouca grana, te recomendo dar uma olhada com carinho no AIRBNB  😉

COMO SE DESLOCAR NOS EMIRADOS

Taxi

As cidades possuem uma frota gigantesca de taxis, o que torna muito fácil pegar um pelas ruas, nos pontos turísticos e dentro do seu hotel. O preço é relátivamente barato. Agora, se você é mulher e estiver viajando sozinha ou somente com amigas, vai sentir um pouco mais de dificuldade, pois vocês só poderão pegar os táxis rosinhas, que as motoristas são mulheres, já que estão desacompanhadas de uma presença masculina. (mas eu consegui pegar um taxi normalmente com motorista homem).

Aluguel de carro

Quiosques de aluguéis de carros estão disponíveis no aeroporto e por toda a cidade. Os preços são acessíveis, até mesmo para alugar um carro de luxo, caso queira esbanjar (você vai ficar louco com a quantidade de Ferraris desfilando pela cidade).  As estradas e ruas tem o asfalto perfeito, boa sinalização, com emplacamento todo em inglês! Uma boa dica é usar o Google Maps para se deslocar! Não aconselho usar o Waze, pois ele erra bastante o trajeto!

Shuttle

O mais queridinho para quem precisar sair do aeroporto de Dubai e ir a Abu Dhabi e vice e versa, o motorista geralmente cobra AED 385 para 8 pessoas em um van, com bagagem e taxas. Sai tipo 25 reais para cada um para te levar de uma cidade a outra. Não dá para acreditar né. E ele ainda explica tudo sobre a cultura do local no trajeto! ?

Carros dos hotéis

Os hotéis de luxo oferecem serviço de carros com motorista para te leva de um canto ao outro na sua viagem para os Emirados, e aí sim, sai caro. Sempre que forem pedir um táxi no hotel, deixem bem claro que querem táxi comum, pois eles podem te empurrar um desses luxuosos, e sai mais ou menos AED 300 cada trajeto, o que você pagaria de AED 25 a AED 30 em um táxi comum!

Metrô

Há uma grande disponibilidade de estações de metrô por Dubai, Te levam para toda cidade por um precinho camarada, e o melhor é que você ainda pode obervar um pouco da cultura e costumes locais. E meninas fiquem tranquilas, pois o Dubai Metro oferece 2 vagões apenas para mulheres e crianças.

 COMPRAS EM DUBAI E ABU DHABI

Que Abu Dhabi e Dubai é um grande Tax Free, todos já sabem né! Não há imposto de importação, então você vai se “deliciar” nas compras por toda a cidade. Praticamente todas as marcas que você ama estarão presentes por lá. Se você quer guardar as compras pra um só lugar, eu indico Dubai, já que lá contam com muitos shoppings incluindo o queridinho de todos o Dubai Mall  que você encontrará de TUDO MESMO, já que são mais de 1.200 lojas em um só shopping.
Além disso, o Free Shop de saída de Dubai é gigantesco, é um andar inteiro só pra ele, e você pode precisar de 2 horas ou mais para ver tudo. Eu, particularmente, aproveitei apenas para conhecer porque já tinha feito minhas compras em Deira e no Mall of Emirates! rs

Nos Souks (feirinhas locais), use roupas confortáveis, pois vai ser o momento que você mais andará no sol e perderá muuuuito tempo, principalmente no Souk de Ouro. Isso porque, você deve negociar todos os valores antes de comprar.  Negociar é normal e necessário em Dubai: o vendedor não te deixará ir embora da loja sem uma boa barganha, eles tentam de tudo, baixam 2, 3, 5 vezes o preço! Saiba negociar, e não tenha vergonha disso, eles estão super acostumados e já esperam que você vai fazer isso, e se não o fizer, vai pagar o preço de “pega trouxa”, colocado nas etiquetas. No Souk de Dubai, comprei algumas paximinas … O preço original da etiqueta era AED 200,00 eu paguei AED 70,00 em cada uma depois de quase 2 horas de negociação!!!! E aí, vai ficar com vergonha?

DICAS FINAIS

  • NUNCA fotografe descaradamente uma mulher de burca na rua sem seu consentimento. É proibido e eles podem até fazer você apagar a foto.

  • BEIJAR EM PUBLICO É PROIBIDO. Não fique se agarrando demais, como estamos acostumados no Brasil para não cometer um Haram (pecado). Andar de mãos dadas é aceitável, até normal para os turistas.
  • Dubai e Abu Dhabi é SUPER SEGURO. Ande com tranquilidade, inclusive à noite, pois não existe assalto. Como eu disse, os crimes que acontecem na cidade são acidentes de trânsito e brigas religiosas.
  • NÃO SE PREOCUPE EXCESSIVAMENTE COM AS ROUPAS, e nem se estresse com isso na sua viagem aos Emirados. Você vai poder usar seu vestidinho nos restaurantes dos hotéis, que funcionam como um free zone.
  • BEBIDA ALCOÓLICA SÓ É VENDIDA DENTRO DE HOTÉIS E LUGARES CREDENCIADOS. Não vá para um restaurante na rua ou no shopping achando que vai poder tomar um champanhe ou um vinho, pois não conseguirá! Nem no super mercado é vendido, somente cerveja sem álcool! rs

PRINCIPAIS PONTOS TURÍSTICOS DE DUBAI

Posted in Dubai
on 22 de fevereiro de 2017

Se você está buscando um lugar diferente, onde possa conhecer uma cultura exótica, ao mesmo tempo poder relaxar de maneira grandiosa e ter o roteiro recheado: Dubai é o seu destino! Conheça aqui os melhores de pontos turísticos de Dubai e monte seu roteiro!

O segundo maior Emirado dos EAU (Emirados Árabes Unidos), sem dúvida o mais “liberal”, conquistou diversos prêmios Guinness como “maior” e “melhor” do mundo, geralmente na categoria construções, todos presentes na New Dubai (como é chamada a parte nova da cidade). Como alguns exemplos:

  • Dubai possui o maior prédio do mundo, o Burj Khalifa, com 828 m, ultrapassando o antigo World Trade Center, nos EUA, que possuia 417 m;
  • O hotel mais alto do mundo, o JW Marriott Marquis;
  • O restaurante mais alto do mundo, o At.mosphere; 
  • O prédio residencial mais alto do mundo, o Princess Tower.

Burj Khalifa, em Dubai: o prédio mais alto do mundo.

Veremos agora, os principais pontos turísticos de Dubai, esse lugar maravilhoso que vai te fazer passar no mínimo 5 dias por lá:

At the Top (Burj Khalifa)

Já vamos começar grande, beeeeem grande. O At the Top é um observatório localizado no Burj Khalifa, em seu 124º andar. Possui umas das vistas mais lindas da cidade, e a mais alta, com certeza. Você deve comprar seu ingresso no site do Burj (custa AED125), onde marcará dia e hora certa para a visita acontecer. Sugiro tentar comprar para às 18:00 ou 18:30, para poder assistir ao por do sol (é, o por do sol é tarde mesmo, por volta das 19:00), e por isso, é o horário mais disputado; antecedência é primordial!

Chegue cedo, pois a entrada para o observatório é por dentro do Dubai Mall, e você VAI se perder até achar o lugar certo, já que o shopping é gigante. Sem contar a filinha básica para pegar o elevador (que demora 1 min para subir os 124 andares!!!!), e o longo caminho que percorre lá dentro até chegar realmente onde interessa.

A vista é bonita, mas não tem muito o que fazer: você vai perder 20, 30 min no máximo lá em cima tentando arranjar um espaço para tirar uma foto e adeus. Talvez seja até melhor ir pela manhã quando certamente estará mais vazio.
 No Burj Khalifa você também encontra o Hotel Armani, mais um 5 estrelas de alto luxo!

Vista de dentro do At the Top (imagens da Internet)

Vista de dentro do At the Top (imagens da Internet)

Dubai Mall

Se você gosta de shopping, ou de gastar, esse é o lugar que você pode dedicar um dia inteirinho para fazer algumas comprinhas. É um dos maiores shopping do mundo, e você pode ter certeza que encontrará, dentro das 1.200 lojas, a sua preferida! Muitos já sabem disso, mas não custa repetir, Dubai e Abu Dhabi são um tax free gigantesco, com produtos e preços que em alguns casos se igualam aos dos EUA. Além das compras, o shopping oferece diversas outras atrações, como um Ice Rink (pista de patinação); o maior aquário do mundo, com mais de 33.000 animais marinhos; um Souk na parte externa e a Fonte du Dubai.

Fonte de Dubai

Você deve conhecer, ao menos pela internet, a fonte do Hotel Bellagio, em Las Vegas, que acende luzes e dança conforme a música. É, Dubai também tem a sua, produzida pela mesma empresa que fez a de Vegas, só que maior! Os shows acontecem diariamente, de 30 em 30 min, das 18:00 às 22:00, e é grátis.

Fontes de Dubai

Fontes de Dubai

 

 Não preciso nem dizer que você deve chegar uns 20 min antes da performance para poder pegar uma posição bem perto da fonte. Se não conseguir, fique tranquilo, pois não demorará muito para começar outra.
Eu assisti várias vezes, e o que achei legal foi que  eles variam entre musicas árabes e ocidentais, mas confesso que como boa amante de música árabes minha preferida foi Enta Omry de Oum Kalthoum, um tarab bem típico! Sei lá, sou super suspeita pra falar, mas AMEI! <3

Mall of Emirates

Falando de shoppings, deixe-me apresentar um dos maiores dos Emirados. Se encontra perto da Palmeira ( que é de fácil acesso via metro) e além de muitas lojas, o shopping o oferece um Carrefour, diversos restaurantes (incluindo The Cheesecake  Factory,  que não conhecia e realmente amei a comida de lá!!). Ah o Ski Dubai, fica lá também: uma estação de Ski no meio do deserto. Super moderno, não?

Ski Dubai

É isso mesmo, uma estação artificial de Ski dentro do shopping, que funciona o ano inteiro, em uma cidade onde o calor chega a 50 º C. Confesso que fiquei impressionada com a criatividade em construir essa estação, mas quero dizer que não é tão grande assim como todos falam e não me pareceu tão real. Mas vale a pena passar lá na frente e observar um pouco…

Ski Dubai: a maior estação de Ski Indoor.

Ski Dubai: a maior estação de Ski Indoor.

The Palm

Sem dúvida a imagem mais marcante, quando se pensa em pontos turísticos de Dubai, é a da Palmeira. Ela nada mais é que um arquipélogo artificial criado em forma de palmeira, onde estão localizados prédios residenciais (nas folhas) e os maiores hotéis de luxo (no caule).

Pontos turísticos de Dubai Foto: Google

A melhor maneira de ter uma visão legal do complexo é indo de Monorail. A estação de entrada é Palm Gateway, que fica do lado do hotel One and Only Royal Mirage, onde me hospedei, e vai direto para a última, Atlantis Adventures. Por lá você consegue ter uma visão um pouquinho mais alta pela parte de dentro. O Monorail funciona de 10:00 às 22:00 e custa AED 15 (ida) e AED 25 (ida e volta). Na saída, você também pode pegar um táxi no Hotel Atlantis e ir direto para seu próximo destino, o que considero melhor para não perder tempo.

Hotel Atlantis

É mais um dos hotéis luxuosos de Dubai. Seu diferencial é o parque aquático Aquaventure; o Dolphin Bay, onde você pode nadar com os golfinhos e o aquário Lost Chambers. Dentre essas, as atrações que realmente te dão acesso ao hotel são as duas primeiras. Se você estiver hospedado por lá, todas estão inclusas na sua diária.
 Veja fotos e reserve o Hotel Atlantis.

Foto: Google

Foto: Google

  • O Aquaventure é o maior parque aquático dos Emirados. O valor do ticket online é de AED 250 para a diária no parque com acesso à praia privada do hotel.
  • Dolphin Bay é uma área reservada para golfinhos, que cria um habitat natural, onde você pode nadar, fazer mergulho e tirar fotos com eles. Os valores variam entre AED 385 e AED 1.400 (Ai!), mas comprando qualquer um dos tickets você ganha o Day Pass no Aquaventure.
  • The Lost Chambers é um aquário reproduzindo o cenário das ruínas da perdida Cidade de Atlantis, no fundo do mar. O ingresso sai por AED 100.
    PS: Ingressos comprados na hora são mais caros! Se decidir ir, compre online.

Eu não fui a nenhum deles,  por dois motivos: 1º Fui no inverno, o tempo é mais ameno e em alguns dias ventava muito (acredite se quiser, em alguns momentos senti frio), 2º Não tive tempo, mas vários moradores de Dubai me disseram que o Aquaventure vale muito a pena, pois o parque é gigante e tem até um “tobogã” que passa por dentro de um aquário só com tubarões! Mas quando voltar a Dubai novamente com certeza, vou agendar meu dia no Aquaventure ?

Já o Lost Chambers eu acho dinheiro perdido (caso você decida ir só nele) pelo que vi nas fotos do google. Se você já foi a Oceanários, achará sem graça. Além do mais, o aquário do Dubai Mall é o maior do mundo e um super ponto turístico de Dubai. Já disse tudo, né?

Skydive

Se você quiser realmente ter A vista da Palmeira, vai ter que voar. E quando digo voando, pode ser em um tour de Helicóptero ou pulando de paraquedas!!!  O esporte radical mais praticado em Dubai, até mesmo pelo filho do Sheikh Mohamed (Sheikh de Dubai).  Fiquei muuuuuito louca pra fazer quando vi as imagens em um vídeo no vôo de chegada. Mas infelizmente a viagem foi super corrida, e não consegui agendar com antecedência. ?

Se você tem tempo para planejar, dinheiro e coragem, recomendo demais!! O salto de Skydive + vídeo + fotos sai por AED 1999.

Passeio de balão

Já que estamos falando de esportes “radicais”, que tal um passeio de balão no deserto? Essa é um passeio bem legal de se fazer, mesmo que que você tenha de acordar de madrugada, pois o Pick up é às 3:45 da manhã! Isso mesmo, tem que ser super cedo para poder ver o nascer do sol no deserto voando. Não é o máximo? Uma coisa importante, que a empresa deixa bem claro na reserva, é que eles não esperam atrasos de mais de 5 min, pois não podem comprometer perder a subida no horário certo.  O preço do passeio de balão é de AED 995 por pessoa.

Marina Dhow Dinner Cruiser

Esse é um tour pelas águas de Dubai, como se fosse um mini cruzeiro romântico. Bem mini mesmo, mas acredito ser bem legal! Você consegue ter uma vista bem única dos prédios iluminados à noite.

Mini Cruzeiro romântico em Dubai

Mini Cruzeiro romântico em Dubai

Burj al Arab

Com certeza é o hotel que você mais viu imagens, quando fez sua pesquisa sobre os pontos turísticos de Dubai, pelo seu formato diferenciado, parecendo uma vela. O hotel é caríssimo, lindo demais e é mais um que entra na lista daqueles que você precisa de reserva em restaurante para poder conhecer o interior.

 Esse é um dos hotéis que pertence ao Sheikh Mohamed, ou seja, sem economia de ouro, beleza e extravagâncias em seu interior, você tem que ver! Os dois lugares que acho mais interessantes para você fazer reserva, são o restaurante Al Mahara (que é beeeem turístico) e o Bar SkyView.

Safari no deserto em Dubai

Uma das melhores e mais divertidas formas de conhecer um pouco da história da antiga Dubai e dos beduínos é fazendo o safari no deserto. É o passeio indispensável, pois se pode andar de Land Rover 4 X 4 pelas areias, procurar animais pelo deserto, entender sobre Falconaria com uma amostra de caça do animal, andar de camelo, fazer tatuagem típica de henna, ver um show de dança típica árabe, além de desfrutar de um jantar diferente em um acampamento no meio do deserto. UFA!

Muita coisa, né? Para que você possa se encantar com essa cultura tão exótica e diferente da nossa! Os valores dos passeios diferem muito de empresa para empresa,  mas em média custam  AED 612. Eu fiz um passei diferente no deserto e vou reservar um post só para isso.

Dubai Museum

Para finalizar os pontos turísticos de Dubai, temos a parte antiga da cidade, localizada no rio Creek. Lá encontramos o Dubai Musuem, Souks de especiarias, Souk de Ouro e a travessia de barco (Abra). O Museu mostra a história de Dubai, bem antes da modernização, desde a época dos beduínos, dispondo cenários de barracas, das casas antigas, de extração de pérolas e diversas outras curiosidades, para que o visitante possa sentir em tamanho real como eles viviam. Deve ser sua primeira parada da Old Dubai (Dubai antiga). O valor da entrada é simbólico e custa apenas AED 3.

dsc00188

Souks

Os Souks (mercados) de Dubai são os melhores. Lá você pode encontrar especiarias, tecidos, tapetes, lembrancinhas e ouro, MUITO ouro! Para chegar onde interessa, você deve atravessar o Dubai Creek, nas Abras, barquinhos de madeira que fazem essa travessia por AED 1 o trecho.

 Chegando lá, passe pelo Spice Souk (mercado de especiarias), bugigangas para enfeitar a casa e até chocolate de leite de Camelo, que não quis arriscar, e tem até o famoso sorvete de leite de camelo. Inclusive lá um bom lugar para comprar lembrancinhas básicas, e depois você pode passar para o próximo nível, o Gold Souk (mercado de ouro)! Meninas, vocês vão ficar loucas com a variedade de anéis, brincos e todas as jóias que vocês puderem imaginar! Mas atenção: você DEVE negociar preços e pechinchar bastante, pois o preço pago nunca é o que está na etiqueta. Eles já colocam um valor muito acima pois é costume pedir muito desconto por lá. Para conseguir um bom preço e saber se está pagando o que realmente vale, existem algumas técnicas, que vou explicar em um post dedicado somente a esse item.

img_8846

Emirados Árabes: Dubai | Abu Dhabi | Sharjah – chegando à terra dos camelos!!

Posted in Abu Dhabi, Dubai, Sharjah
on 9 de fevereiro de 2017

conexaoabudhabi2

Considerado o mais novo destino de luxo do mundo atual, os Emirados Árabes encanta pela sua opulência! Lá, tudo é  muito grande, chique, suntuoso, diferente… Você vai ouvir ou ver que aqui é : O mais alto do mundo, o maior shopping do mundo, o maior aquário do mundo, o único hotel 7 estrelas do mundo e uma pista de ski no meio do deserto, e por ai vai…

A cada novo dia, toneladas de concreto se elevam formando um mar de arranha-céus com arquiteturas modernas e vibrantes.

foto retirada da internet

foto retirada da internet


História
Originalmente uma aldeia de pescadores e coletores de pérolas existente há séculos na baía da Dubai, a cidade moderna data da década de 1830, quando a tribo Bani Yas, da família dos Al-Maktoum ali se instalou e recusou obediência a Abu Dhabi. Os sheiks seguintes estimularam os contatos com os povos estrangeiros, especialmente britânicos, enquanto o Dubai se tornava um porto de grande escala.
População
A população nativa de Dubai é minoritária. Mais de três quartos dos habitantes da cidade são originários de outros países, em especial, do sul da Ásia e das Filipinas.
O idioma oficial é o árabe, mas o inglês é amplamente falado e é ensinado nas escolas.
Religião
A religião oficial é o Islam.
Economia
Ao contrário dos demais Emirados Árabes Unidos, a economia de Dubai não se baseia primordialmente na exploração do petróleo. Apenas 7% da renda do emirado é obtida dessa fonte. A maior parte dos recursos provem da zona franca Jebel Ali, onde se localiza o porto de Dubai (o 13° mais movimentado do mundo) e empresas multinacionais que gozam de vantajosas isenções comerciais e fiscais. As atividades relacionadas ao turismo também têm aumentado sua participação na economia.

A Viagem

A ideia de ir aos Emirados surgiu da oportunidade de fazer uma viagem de férias. É claro que com a ajuda de algumas amigas tudo se tornou possível, e assim surgiu a grande oportunidade de conhecer este famoso destino de luxo e termos um primeiro contato com a cultura árabe! Eu não via a hora de contemplar as maravilhas arabescas dos Emirados…
O visto:  Brasileiros precisam de visto para entrar nos Emirados, então decidi o quanto antes tirar o visto (por precaução), apesar de que se você comprar as passagens seja com a Etihad ou Emirates (as empresas entram como Sponsor ” uma especie de patrocinador” o que te deixa meio que com o visto garantido. Todo o processo foi feito por e-mail, exceto a taxa, de cerca de USD 96 para o visto de turista com validade de 60 dias, mas a sua estadia só pode ser por 30 dias, podendo ser renovado. Mas tudo isso é explicado no site tanto da Emirates quanto da Etihad. Fiz todo meu processo pelo site da Etihad e foi super fácil e simples. Mas em outro post eu detalho melhor sobre como tirar o visto.
img_7986-1
Parti então num vôo da Etihad, às 23:40h da noite para enfrentar 14 horas de viagem até Abu Dhabi. O voo realmente foi muito tranquilo, a bordo a empresa oferece vários tipos de entretenimento, como por exemplo, centenas de filmes, sendo vários deles em cartaz, além de jogos, músicas, mapas e câmeras de vídeo onde você vê tudo que acontece do lado de fora da aeronave, em 2 ângulos diferentes. A cortesia das comissárias também merece destaque. A parte da alimentação foi muito tranquila também.
istambul-014
Bem, o vôo foi super tranquilo e cheguei em Abu Dhabi 14 horas depois, já noite (20:30h). O aeroporto de Abu Dhabi é bem grande, e tudo reluz! O free shop também é um  grande, mas acabei não estendendo lá já que tinha que pegar um ônibus da Etihad para Dubai. Como Abu Dhabi e Dubai são um países muçulmano, bebidas alcoólicas são proibidas em bares e restaurantes. Somente hotéis (mas é caríssimo) e algumas lojas credenciadas (com pessoas cadastradas e portadoras de carteirinhas especiais) vendem bebidas alcoólicas. Então, neste caso, a dica é comprar algumas bebidas no free shop e levar para beber no hotel. Não fiz isso porque  não bebo nada alcoólico, mas caso você queira tentar… Fica a dica aí!!!!
Mesmo eu indo no inverno, logo na saída do aeroporto já veio aquele “bafão” quente do deserto!! Oh calor!!!!!!  Logo atravessei o estacionamento e ali peguei um ônibus para Dubai (seviço que a propria empresa oferece sem custo, mas é preciso se cadastrar e fazer sua reservaantes do voo).

Como cheguei na noite de ano novo, a cidade estava um caos, assim que cheguei em Dubai logo pedi um uber e fui direto ao encontro da minhas amigas que estavam me aguardando na residencia de comissários da Emirates próximo ao Burj Khalifa. Confesso que foi muito difícil chegar até lá, e na verdade não cheguei porque meu amado motorista me deixou no hotel errado. Então ai vai um ALERTA : Cuidado com os motoristas de taxi, ou uber em Dubai, eles tendem a dar uma enganada nos turistas.

Uma boa opção de hospedagem são o bairro de Deira e Bur Dubai (inclusive são mais baratas e a localização é muito boa).