Browsing Tag:

Emirados Árabes

COMO NEGOCIAR NO SOUK (MERCADO) DE DUBAI

Posted in Dubai
on 24 de abril de 2017

Mercado de Dubai

Uma das coisas mais legais na cidade é o Souk, e porque eu acho isso? Pois lá você pode colocar em prática uma das coisas mais marcantes da cultura: a NEGOCIAÇÃO.
Vitrines e mais vitrines com ouro, peças de diamantes bem trabalhadas e muita ostentação fazem o cenário desse souk tão peculiar. Com uma boa negociação você sai de lá com jóias maravilhosas que custam no mínimo o triplo do preço aqui no Brasil.

Veremos agora um pequeno passo a passo para te auxiliar a negociar nesse mercado e não pagar 1 centavo além do que deveria, além de algumas dicas práticas de funcionamento.

O que não posso comprar?

Sabe aquela “experiência proibida” que aparece no filme Sex and the City 2? Ela realmente existe. São homens que ficam andando pelo Mercado de Ouro de Dubai oferecendo relógios e bolsas de “marca”. Isso realmente é proibido e é crime no país, pois os ítens são falsos! Os árabes levam suas leis muito a sério e realmente não sei o que pode acontecer se você infringir alguma regra, pra falar verdade você vai preso, ou pode ser algo pior,  sei lá…

Para você ter noção de como todos respeitam as regras em Dubai: não há nenhum segurança no Souk. E confesso que achei isso fantástico! Eles são tão seguros que ninguém vai assaltar, eu particularmente não vi segurança ou policiais vigiando o interior do mercado. Sem sombra de dúvidas se alguém for pego roubando não terá uma pena muito legal…

Preço do Mercado de Dubai

Logo quando você entra no Mercado de Ouro de Dubai há um totem com os valores do ouro praticados no dia, como se fosse uma cotação do dólar, sabe?
Assim, você pode ter noção se o preço que está sendo cobrado em cada loja é aceitável e até quanto você pode “chorar” para cair. Pegue esse valor e some mais ou menos de 20% a 30%, que é a média cobrada pelo do trabalho da peça, e assim você chegará a um preço justo.

Levar DIRHAM ou DOLAR ?

Todas a lojas aceitam as duas moedas, mas eu achei melhor pagar em Dirham pois quanto mais se converte, mais se perde, geralmente. Saiba que a maioria das lojas aceita cartão de crédito, mas é uma ótima pedida levar dinheiro para o Mercado, pois moeda viva sempre abre portas para um bom negócio, não é?  Além disso, uma taxinha sempre é cobrada nas compras em cartão. Se você não tiver o valor todo em dinheiro, pague o máximo que der em moeda viva e o resto em cartão.

Tenho vergonha de negociar, e agora ?

Cara NÃO FIQUEEEE! Isso é um costume local e por isso eles jogam o valor da etiqueta lá em cima para ter margem de negociação. Se você não negociar, vai sair de lá sem nada, a não ser que esteja disposto a pagar um valor super faturado. No interior do Mercado de Ouro de Dubai todas as lojinhas são coladas umas nas outras, como uma grande galeria só de joias. Então o vendedor faz de tudo para você não sair da loja dele, pois se te der oportunidade de ver o concorrente, provavelmente não vai voltar. É uma briga para ganhar o cliente! Use isso sempre a seu favor.

PASSO A PASSO DO QUE FAZER

  1. Já sabendo como calcular um preço adequado, vamos às compras. As primeiras lojas são as mais chatinhas de negociar, pois muitas pessoas não devem ter paciência de pechinchar por aí e devem acabar comprando logo no início. Minha dica é se embrenhar mais pro fundo e procurar as lojinhas menores, onde os vendedores são mais simpáticos e bons de negócio.
  2. Escolha uma joia que gostou, peça para ver e não demonstre muito interesse. Isso mesmo! Sei que é difícil, meninas, mas controlem-se! Não sorriam para a joia ou mostrem empolgação, pois se o vendedor perceber que você se apaixonou, não baixará muito o valor.
  3. Peça para pesar, diga que está cara e que você acha que não vale. Ele provavelmente já mudará o preço. Analise e diga que mesmo assim você não pode pagar. Muitos perguntam o quanto você quer pagar pela peça. Esteja preparado para essa pergunta.
  4. Fale um valor razoável, que o vendedor possa aceitar. Não saia dizendo que quer pagar 100 dirhams em uma peça de 1000, pois não vai colar, claro. O bom senso é importante, não preciso nem dizer. Tente baixar mais oferecendo um novo valor em dinheiro vivo.
  5. Se mesmo assim você ainda achar que pode cair mais, agradeça e diga que infelizmente não vai poder levar. Entregue a joia e vá lentamente para a porta para sair. MUITOS vendedores vão até a porta para não te deixar ir embora e fazem uma última oferta!
  6. Se ele te deixar ir embora, o máximo que vai acontecer é você voltar (depois de uma voltinha) e pedir o último valor que ele ofereceu. Mas se colar colou, não é? rs Faça isso em várias lojas até você achar uma joia que lhe agrade e com um preço que possa pagar.

MINHA EXPERIÊNCIA

Eu negociei em umas 6 lojas. Em somente uma o cara não baixou muito o preço. Na loja que comprei consegui negociar um descontão em duas pachiminhas de algodão egípcio, pagando em dinheiro. Claro que só consegui esse preço com muito paciência e mais ou menos depois de uns 20 min de chororô 😀

Por isso não indico MESMO que você pegue um tour guiado desses que passa por todos os souks e pela parte antiga de Dubai. Eles passam correndo pelos mercados e você não tem oportunidade de comprar muita coisa. Se deseja aproveitar essas barganhas, vá com tempo livre!

 

Conhecendo a Mesquita de Abu Dhabi

Posted in Abu Dhabi
on 10 de abril de 2017

A mesquita de Abu Dhabi | Um dos templos mais bonitos que já visitei!

Você com certeza já viu alguma imagem dela em algum momento de sua vida e é de tirar o fôlego, não é? Imagine pessoalmente! Sabe aquelas coisas que você tira mil fotos e nunca se cansa, pois todos os ângulos são bons? É bem por aí. Saiba que visita-la te faz quase parar de respirar.

 

Seu nome original é Sheikh Zayed Grand Mosque, vulgo a “Mesquita Branca”. Construída a mando do Sheikh Zayed (o Sheikh que unificou os Emirados), é a única em Abu Dhabi que aceita a visitação de não islâmicos, já que é uma Mesquista que procura interagir com outras culturas.Sua filosofia se baseia na seguinte passagem do Alcorão:

“O mankind! We created you from a single soul, male and female, and made you into nations and tribes, so that you may come to know one another. Truly, the most honored of you in God’s sight is the greatest of you in piety. God is All-Knowing, All-Aware” (Qur’an 49:13)

“Ó humanos! Nós vos criamos de uma única alma, macho e fêmea e vos dividimos em povos e tribos, para que você possa vir a conhecer um ao outro. Verdadeiramente, o mais honrado de você diante de Deus é o maior de vocês piedade. Deus é Onisciente, Consciente de tudo. “(Alcorão 49:13)

 

Quando visitar a Mesquita de Abu Dhabi

Nós só podemos entrar na Mesquita de Abu Dhabi quando não for o momento oficial de prece islâmica, que acontece de tempos em tempos depois de um chamado oficial. O melhor horário para visitação é na parte da manhã, pois à tarde esses horários costumam mudar bastante.

Definitivamente mudei de ideia quanto ao horário de visitação! Queria ter chego na Mesquita por volta de 17:00 para ver o por do sol (que estava rolando por volta das 18:00 em Janeiro), A noite ela fica toda iluminada e, é simplesmente FANTÁSTICA! Super indico pesquisar quando será o por do sol na época da sua viagem para fazer esse esquema, assim você poderá enlouquecer em todos os horários 😉

Não deixe também de consultar os horários atuais no site para ver quando acontecerão os mini tours guiados, em inglês. Fique de olho se estiver planejando sua visita para uma sexta feira, pois é o dia santo deles, como nosso Domingo, e apesar da Mesquita abrir, os horários são bem restritos.

O que PODE e NÃO PODE

As regras para visitação da Mesquita de Abu Dhabi são beeeeeeeeeem rígidas. Eu tomei muito cuidado para não levar esporro e correr o risco de ser convidada a me retirar da Mesquita.  Quando cheguei passei por um detector de metais e logo fui encaminhada para pegar a burca, que já já vou contar como é, para podermos tirar as fotos na santa paz. Depois que estava toda montada, fui fazer um vídeo e APENAS levantei meus braços que estava a câmera, para mostrar a roupa para vocês. E aí veio um guardinha brigar comigo, e eu já pensei “o que que eu fiz?”. A resposta do cara foi “Don’t do any actions” (não faça nenhuma ação).

Isso quer dizer que você vai lá visitar, e não fazer nenhum tipo de brincadeira, mesmo lá fora, tirar suas fotos e não fazer nenhum tipo de movimento brusco, senão vai chover esporro!

O que vestir na mesquita de Abu Dhabi

Para nós mulherada entrarmos na Mesquita de Abu Dhabi sem colocar vestir uma Abaya, teremos que estar de mangas longas, calças largas, sem decote e com um lenço na cabeça, e tudo isso NÃO PODE ser COLADO no corpo. Ou seja, vista-se o mais adequado possível!

Eles emprestas a vestimenta sem nenhum custo, e você usa o tempo que quiser enquanto estiver na mesquita. Eles não ficam com seu passaporte e nem outro documento ( pelo menos no dia que eu fui), então relaxem e aproveitem o passeio.

Os homens passam por pouca restrição, só não podem entrar de bermuda, mas se quiser usar a roupa típica pode pegar emprestado e acredito que seja no mesmo esquema.  Apesar de eu querer muuuuito usar a abaya, e ter a sensação  e sentir um pouco do que as mulheres árabes passam dentro dela, mas confesso que estava um pouco apreensiva delas serem suadas ou fedorentas; mas me surpreendi. Após o uso, as burcas são jogadas diretamente para lavagem, e você recebe a sua super limpinha e cheirosa e eles oferecem até de tamanhos diferentes!

Não esqueça de levar lenços coloridos para dar um pouco de cor ao modelito! Vale a pena para fazer fotos diferentes! 🙂

Outra exigência para entrar na Mesquita de Abu Dhabi é tirar os sapatos. Há prateleiras do lado de fora para guardar os chulés. E naquele calor é simplesmente uma delícia pisar naquele tapete persa gigantesco e fresquinho!

É permitido fotografar no interior da Mesquita, sem flash. Lá dentro, você deve falar baixo, andar atrás dos homens e tomar cuidado com todos seus movimentos, pois tudo significa alguma coisa. Abaixar, sentar, tudo tem um sentido.

No interior da Mesquita de Abu Dhabi há o maior tapete feito a mão do mundo e muuuuuito ouro nos lustres e detalhes. (está tudo documentado aqui no youtube) Mesmo com tantas regras vale muuuito a pena fazer essa visita, pois ela é incrível por dentro e por fora.

Agora algumas fotos:

 

A visita à essa grandiosidade é completamente grátis! Entrada, Abaya e estacionamento. Não tem como deixar de ir, não é? E me contem nos comentários se que acharam e se iriam!!!